No dia 14 de janeiro, no quadro “Zadra Respode”, do programa Giro do Boi, Alexandre Zadra respondeu a pergunta de um pecuarista do interior do Paraná. Confira:

Pergunta:  

Devo usar Nelore ou Purunã em vacas puxadas pro Canchim, Tabapuã e Brahman? Luiz Antônio Hornung – Reserva (PR)

Resposta:

A ideia é muito boa, usar o Nelore provado, touro puro, touro que venha de programa de Ceip ou PO, mas que sejam muito bons maternos, que sejam positivos com genes para precocidade sexual e boa habilidade materna. Mas sem muitos exageros na habilidade materna, porque a gente sabe que é prejudicial muita habilidade materna para qualquer matriz por conta de retorno ao cio delas.

O Nelore tem um leite adequado para o seu bezerro. Basta você usar animais que sejam bons de habilidade materna – não precisa estar nos extremos de total materno dentro das DEPs – e também bons de ganho de peso que você vai fazer um animal, uma fêmea de reposição de qualidade para que ela entre no cio cedo.

Usando touros Purunã no seu gado canchinzado, tabapuãzada ou com influência de Brahman, você vai fazer bezerros pesados amarelos ou baios muito padronizados, que vão dar um peso espetacular na desmama. Ótima opção se você tiver o Purunã fácil na sua região.

Inseminação artificial como manejo reprodutivo. Se você for inseminar, eu recomendo sobre as filhas de Canchim que você use Brangus e, sobre as Zebu, que você use Angus se você quiser uma mesma raça ou um mesmo biotipo para que se padronize tudo. Se você quiser fazer um cruzamento terminal, você continue com Canchim nas Canchim e você use Charolês nas Zebu.

Confira o vídeo da entrevista clicando na imagem abaixo: