Em qualquer lugar e seja qual for a comemoração, o churrasco tem tudo para dar certo. Confira aqui algumas dicas para impressionar todo mundo.

É bom começar escolhendo um carvão de eucalipto, que dá um aroma melhor à carne. Quando for acender o fogo, primeiro despeje uma quantidade pequena de carvão até as chamas ficarem mais fortes, depois coloque o resto. Jamais utilize carvão velho ou pedaços de madeira, isso prejudica o sabor final da carne.

Sempre use sal grosso pra ressaltar o sabor da carne. Nada de inventar temperos daqui e dali. Limão ou vinagre, nem pensar.

Nunca molhe a carne com água, ela penetra nas fibras e muda o pH da mesma deixando-a dura. Quando for lavar a peça tem que ser rápido e salgá-la imediatamente em abundância.

Evite o choque térmico na hora de colocar a carne e espere a brasa ficar bem vermelha. Senão, a carne encrua (endurece). Lembre-se de que é a gordurada carne que dá e acentua o sabor e a maciez.

Com as peças já devidamente salgadas, bata com as costas da faca para tirar o excesso de sal. Jamais faça isto sobre o fogo, pois o sal na brasa reage e faz pequenos estouros que podem queimar quem prepara o churrasco.

Coloque os pedaços de carne sobre a grelha previamente aquecida. Jamais em fogo tipo labareda. Uma boa dica é lambuzar a grelha quando estiver fria com a gordura grossa retirada das carnes. Ao esquentar, a mesma já fica “temperada”, só esperando a carne ali repousar.

Pronto. Pode colocar a carne que está na hora. Chame toda a família, amigos, vizinhos e bom apetite.

Fonte: Caderno de Receitas Acrimat (Gaudério Alceu de Lima) – www.acrimat.org.br