Um criador do Paraná enviou pergunta para o quadro “Zadra Responde” do programa Giro do Boi do último dia 19 de julho. Confira a resposta de Alexandre Zadra:

Pergunta:

“Tenho novilhas de cruza Tabapuã com Red Angus. Qual seria o touro ideal para colocar nelas?” Everton Luiz Trembulak, de Mangueirinha (PR).

Resposta:

Com essa meio-sangue Tabapuã x Red Angus, você tem uma excelente matriz, que é adaptada ao Paraná e também com ótima habilidade materna, além de ter precocidade sexual ímpar.

Quando a gente fala em cruzamento, a gente sugere que o criador use raças diferentes, mas com adaptabilidade. Quando você usa uma raça diferente das que você tem, você gera heterose, gera choque de sangue, vigor híbrido, e você tem uma série de vantagens, principalmente em saúde e fertilidade.

Nesse caso, na sua meio-sangue Red Angus x Tabapuã, que deve ser araçá, amarelo ou avermelhada, às vezes, e se você quiser manter essa pelagem e fazer um animal com uma boa adaptação para o Paraná, você pode usar o Bonsmara, que é uma raça africana, desenvolvida na África do Sul pelo Dr. Jan Bonsma para maciez de carne maciez e animais de ótima produtividade. Então o Bonsmara é a primeira opção para você usar. Outra opção como raça diferente também sobre a F1 Red Angus é o Caracu. E daí, depois, você tem os bimestiços que poderia usar, como o Braford, o Canchim, como raça terminal, e o Santa Gertrudis.

Confira a entrevista complete clicando na imagem abaixo: