No quadro Zadra Responde do programa Giro do Boi, no Canal Rural, que foi ao ar dia 24 de setembro, Alexandre Zadra respondeu mais uma pergunta de um telespectador. Confira:

Pergunta:

Que raça posso usar para produzir, em cima de matrizes Sindi x Caracu e Guzerá x Caracu, uma F2 de dupla aptidão: machos com boa carcaça e fêmeas leiteiras. Seria boa decisão usar touros Santa Gertrudis ou Simbrasil?

Resposta:

Nós temos algumas raças, como Simbrasil ou Simental, principalmente o Simental de linhagens suíça e alemã (o Fleckvieh), que produzem leite e os machos têm ganhos de 1,6 kg nas provas de peso na Alemanha e Suíça. O Pardo-Suíço (Braunvieh) é uma raça de dupla aptidão, vai muito bem para você melhorar o leite e também fazer um animal pesado nesse sistema de cruzamento que você prega de dupla aptidão.

Raças como Santa Gertrudis e Simbrasil são muito boas, claro. O Santa Gertrudis vem do Shorthorn, o qual, no passado, anos atrás, se tirava leite. E o Simbrasil vem de Simental, tem ⅝ Simental. Mas no seu caso você pode utilizar aí em BH um europeu puro, seja o Braunvieh, seja o Fleckvieh – Simental. Com o Simental você vai fazer animais pesados, machos pesados, e fêmeas de boa habilidade materna.

Por que eu falo que você pode usar um europeu puro ao invés de um bimestiço? Porque o seu gado, as suas matrizes, são totalmente tropicais, são 100% tropicais, haja visto que Caracu é do trópico, Sindi é do trópico, Guzerá é do trópico. Como você tem cruzamento entre essas raças, seu gado é 100% do trópico. Você pode usar um europeu em cima, uma raça do frio. Então eu recomendo que você use o Fleckvieh – o Simental europeu, ou alemão ou suíço, ou um Braunvieh – o Pardo-Suíço. Mesmo que seja leiteiro, o Pardo-Suíço dá muito peso, vai fazer um macho pesado. E também não pode descartar o Holandês, viu? O Holandês é uma raça que o macho sempre é muito pesado e a fêmea dá muito leite, como a gente sabe, naturalmente.

Assista o vídeo da entrevista clicando na imagem abaixo: